maus-tratos

Acesse o link para assistir a entrevista:

 

https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/09/14/homem-e-suspeito-de-colocar-dois-caes-para-atacar-cachorrinha-menor-ate-a-morte-em-luziania-video.ghtml

 

Homem é suspeito de colocar dois cães para atacar cachorrinha até a morte, em Luziânia; vídeo

Imagens chocaram moradores da região, que denunciaram os maus tratos. Segundo Polícia Militar, autor disse que, na verdade, tentava resgatar o animal pequeno, mas que não teve força suficiente.

Imagens mostram maus tratos a cachorra pequena — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Punição

Na última quarta-feira (9), o Senado aprovou um projeto de Lei que aumenta para até cinco anos a pena de condenados por maus tratos a animais.

Atualmente, a legislação prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa para quem pratica os atos contra animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

No novo texto, que segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar cão ou gato.

O projeto também prevê multa e proibição da guarda para quem praticar crimes desse tipo contra os animais.